OE2016

Cavaco espera que Costa lhe traga "boas notícias"

Cavaco espera que Costa lhe traga "boas notícias"

O presidente da República disse que se vai reunir na quinta-feira com o primeiro-ministro e espera que este lhe traga "boas notícias" sobre o Orçamento do Estado para 2016, considerando "muito importante" o entendimento com a Comissão Europeia.

"Eu amanhã [quinta-feira] vou ter uma reunião com o senhor primeiro-ministro e espero que ele me traga boas notícias. É muito importante que se chegue a um entendimento com a Comissão Europeia sobre o próximo Orçamento por uma razão fundamental: porque Portugal é um país que depende muito do estrangeiro, em particular no financiamento, nas exportações e no investimento", afirmou Aníbal Cavaco Silva aos jornalistas no final de uma visita ao Complexo Desportivo de Rio Maior.

O Presidente da República escusou-se a fazer comentários sobre as negociações relativas ao OE2016 e foi perentório: "amanhã [quinta-feira] tenho como uma reunião com o senhor primeiro-ministro e como é meu hábito aquilo que tenho a dizer digo a ele e não faço declarações".

Segundo Cavaco Silva, "Portugal depende muito do estrangeiro para a redução do seu desemprego" e, portanto, o resultado das negociações "tem algum efeito sobre a imagem de Portugal no estrangeiro e sobre a sua credibilidade", influenciando, por essa via, as exportações, o investimento e o financiamento.

Perante a insistência dos jornalistas, o chefe de Estado reiterou que entende que não se deve "pronunciar em público sobre uma negociação que está a ser feita, como compete, pelo Governo".

O primeiro-ministro, António Costa, disse esta tarde que a proposta do Orçamento do Estado para 2016 vai ser aprovada "tranquilamente" em Conselho de Ministros, na quinta-feira, e que se trata de um documento "responsável" e que "cumpre todos os compromissos".

"Nós teremos um orçamento responsável, que cumpre todos os compromissos que assumimos com os portugueses" e os "celebrados entre os partidos que asseguram a viabilização e o apoio ao Governo" e que "cumpre também o compromisso fundamental de respeitar as regras de participação ativa" de Portugal "no quadro da zona euro", disse.

A proposta do Orçamento do Estado para 2016 (OE2016) é "boa" e vai ser aprovada, "tranquilamente", em Conselho de Ministros, na quinta-feira, para ser depois apresentada na Assembleia da República, afirmou o chefe do Governo, que falava aos jornalistas em Évora.

O comissário europeu Pierre Moscovici, responsável pelos assuntos económicos e financeiros, disse também esta tarde que as conversações com Lisboa continuam e que uma decisão só será tomada na sexta-feira.

Recomendadas

Outros conteúdos GM

Conteúdo Patrocinado