Economia

Cavaco Silva recupera 2200 euros de pensão com novas medidas do Governo

Cavaco Silva recupera 2200 euros de pensão com novas medidas do Governo

A ministra das Finanças anunciou, sexta-feira, que as taxas marginais que incidem sobre as pensões serão reduzidas em 50% em 2016 e eliminadas em 2017. Na prática, significa recuperar grande parte da perda.

A eliminação das referidas taxas marginais pode significar a recuperação de grande parte da perda sentida nas pensões mais elevadas. A título de exemplo, Cavaco Silva poderá pagar menos 86,2% de contribuição de sustentabilidade face ao valor que as Finanças lhe retiram atualmente com a CES e respetiva taxa marginal aplicável. A pensão do presidente da República é de 10 042 euros, pagando um total de CES de 2547,62 euros. Em 2015, nada se alterará, mas o "desconto" de 50% na taxa marginal que será aplicado em 2016 significa que a Contribuição desce logo para 1123,18 euros. Em 2017, a respetiva taxa marginal desaparece e Cavaco Silva pagará apenas 351,47 euros. Ou seja, a contribuição de sustentabilidade será calculada apenas com uma taxa de 3,5%.

Ler mais na versão e-paper ou na edição impressa

Recomendadas

Conteúdo Patrocinado

Outros conteúdos GM