Economia

Escassez de castanha provoca alta do preço

Escassez de castanha provoca alta do preço

O preço da castanha está elevado, entre os 2,5 e os 3 euros, mas em Trás-os-Montes há mais procura do que nunca, estando a acontecer "um verdadeiro milagre", afirmou o autarca de Vinhais, Américo Pereira.

Os preços mais altos do que em anos anteriores, entre 1,5 e 3 euros por quilo pago ao produtor, ficam a dever-se ao atraso na queda de castanhas, cerca de 15 dias, nos três concelhos da Terra Fria onde é colhida 80% da produção nacional e onde 80% da população tem soutos, produzindo cerca de 15 mil toneladas. Este contratempo da natureza pode fazer disparar os preços na altura do Dia de Todos os Santos, ou mesmo no Dia de S. Martinho, época de grande consumo deste fruto.

Ler mais na versão e-paper ou na edição impressa

Recomendadas

Conteúdo Patrocinado

Outros conteúdos GM