Economia

Gaspar anuncia aumento brutal do IRS

Gaspar anuncia aumento brutal do IRS

O Governo vai eliminar três escalões no IRS, fazendo com que passem a existir apenas cinco intervalos de rendimento. Perante esta reorganização e a consequente alteração das taxas, as famílias devem preparar-se para uma forte subida do imposto a pagar em 2013.

No total, com todas as mudanças que está a desenhar para o IRS, o Governo estima que a fatura deste imposto suba cerca de três pontos percentuais face ao valor pago este ano.

Em vez dos atuais oito, o IRS vai passar a ter cinco intervalos de rendimento, segundo prevê a proposta de Orçamento do Estado que será entregue na Assembleia da República no próximo dia 15 de outubro. A medida permitirá ao Governo compensar através deste imposto o acréscimo da despesa que terá com a reposição parcial dos subsídios e chamar os privados a contribuir de forma mais efetiva no esforço de austeridade.

Atualmente consideram-se incluídos no 1º escalão, os rendimentos inferiores a 4898 euros, incidindo sobre estes uma taxa nominal de imposto de 11,5%. Já o 8º e último escalão abrange dos rendimentos coletáveis que superem os 153.300 euros anuais, estando estes sujeitos a uma taxa de 46,5% a que acresce uma taxa de solidariedade temporária de 2,5%.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Recomendadas

Conteúdo Patrocinado

Outros conteúdos GM