O Jogo ao Vivo

Economia

GNR dispara para o ar durante protesto de suinicultores

GNR dispara para o ar durante protesto de suinicultores

A GNR sacou das armas e disparou para o ar durante o bloqueio de suinicultores junto à base do Intermarché, em Alcanena, em protesto contra a promoção de 50% no preço da carne de porco nas grandes superfícies do grupo

A concentração terminou pacificamente ao início da manhã, mas passou, pouco depois da 1 hora, por momentos de alguma tensão.

Um grupo apedrejou um camião de matrícula espanhola que se encontrava entre os veículos impedidos de entrar nas instalações, tendo a GNR feito alguns disparos para o ar.

João Correia, porta-voz do grupo em protesto, recusou-se a comentar o incidente, afirmando à Lusa que não se apercebeu do episódio, por ter acontecido quando se encontrava reunido com a direção da base logística.

O incidente quebrou um ambiente marcado por momentos de convívio, com febras assadas e uma fogueira para aquecer do frio da noite.

"Estamos aqui num direito pacífico e cívico para mostrar a nossa indignação e fazer um alerta sério do que pode ser um problema social", com a destruição de postos de trabalho num setor responsável por 200 mil empregos diretos, muitos com direito a habitação, disse à Lusa João Correia antes da reunião com os responsáveis do Intermarché.

O acesso às instalações do grupo Mosqueteiros foi bloqueado ao início da noite de segunda-feira por um veículo pesado de transporte de suínos, parado no meio da via, com dezenas de viaturas estacionadas na berma da estrada, o que obrigou mais de uma dezena de camiões da empresa (que carregam durante a noite para abastecer as grandes superfícies do grupo a nível nacional) a ficarem retidos no exterior.

Os suinicultores desmobilizaram durante a madrugada, após sinais de abertura do Intermarché.

Depois de, horas antes, terem indicado que pretendiam manter o bloqueio ao acesso e a saída de camiões da base logística do Intermarché, em Alcanena, iniciado ao início da noite de segunda-feira, até a campanha de promoção ser suspensa, os suinicultores decidiram desmobilizar para "não criar problemas", manifestando "a boa vontade" em negociar e face aos sinais de abertura por parte da administração do Intermarché.

Conteúdo Patrocinado