Economia

Ligação de comboio Porto -Vigo mais rápida com menos paragens

Ligação de comboio Porto -Vigo mais rápida com menos paragens

O presidente do Eixo Atlântico, José Maria Costa, afirmou, esta terça-feira, em Barcelos, que vão ser suprimidas "algumas paragens" na atual ligação ferroviária entre Porto e Vigo, para assegurar uma maior rapidez do serviço.

Segundo José Maria Costa, que falava no final da reunião da Comissão Executiva do Eixo Atlântico, a supressão de algumas paragens significará a primeira fase do processo de modernização daquela ligação internacional.

"Foi já decidido, numa primeira fase, haver uma modernização da via, ou seja, uma articulação por forma a reduzir os tempos de ligação entre Porto e Vigo, suprimindo algumas paragens", afirmou.

Segundo o secretário-geral do Eixo Atlântico, Xoan Mao, as paragens a suprimir ainda serão definidas pelas entidades responsáveis pela exploração da ligação.

"Nós não somos da CP nem da Renfe para discutir quais as paragens e o tempo das paragens. A nós, o que interessa é ter um serviço rápido, moderno e estruturante", referiu.

Uma opinião partilhada pelo presidente da Câmara de Barcelos, Miguel Costa Gomes, que admitiu que para tornar o serviço mais útil do ponto de vista turístico e empresarial "não se pode pôr o comboio a parar em todos os apeadeiros e estações".

O autarca sublinhou que o importante é modernizar aquela linha, "que não sofre investimentos praticamente desde o seu início", para ligar de forma "mais célere" Porto e Vigo, que atualmente chega a demorar "três horas e 15 minutos".

Na última Cimeira Ibérica, em maio, no Porto, foi assinado o compromisso de, até 2018, melhorar a linha ferroviária entre Porto e Vigo.

Segundo o Eixo Atlântico, a obra significará um investimento até 180 milhões de euros.

Na sua reunião desta terça-feira, a Comissão Executiva do Eixo decidiu "convocar" os deputados regionais, nacionais e europeus do Norte de Portugal e da Galiza para esta causa, fazendo pressão para que a modernização seja uma "prioridade" dos governos dos dois países.

Neste momento, há duas ligações diárias de Porto para Vigo e outras duas de Vigo para o Porto.

No lado português, há paragens em Ermesinde, Trofa, Famalicão, Nine, Barcelos, Barroselas, Viana do Castelo, Âncora-Praia, Caminha, Vila Nova de Cerveira e Valença.

Em território espanhol, o comboio para em Tui, Porriño e Rendodela de Galícia.

Recomendadas

Outros conteúdos GM

Conteúdo Patrocinado