Economia

Mazda chama à revisão dois milhões de veículos devido a problema no "airbag"

Mazda chama à revisão dois milhões de veículos devido a problema no "airbag"

O fabricante automóvel japonês Mazda Motor anunciou, esta sexta-feira, a chamada à revisão de quase dois milhões de automóveis em todo o mundo, dos quais 210 mil no Japão, devido aos "airbags" defeituosos produzidos pela empresa nipónica Takata.

Os seis modelos afetados forma fabricados entre 2006 e 2014, e entre eles figura o Mazda 6 (conhecido no Japão e em outros países asiáticos como Atenza), o camião comercial Titan e o utilitário Bongo.

Esta nova chamada à revisão soma-se aos milhões de viaturas que foram obrigados a voltar às oficinas em todo o mundo devido a uma falha técnica detetada nos "airbags" da Takata, um problema que, aliás, levou as autoridades a impor à empresa uma multa milionária.

Além da Mazda, outros fabricantes como a Toyota, Nissan, Mitsubishi, Subaru, Honda, Ford, o Grupo Chrysler ou BMW, anunciaram chamadas à revisão dos seus veículos devido a esse defeito.

As falhas nos infladores (o encapsulado metálico em que se aloja o "airbag") fazem com que o dispositivo de segurança se possa abrir com demasiada força ao ponto de projetar fragmentos.

Este defeito foi relacionado com a morte de pelo menos oito pessoas nos Estados Unidos e na Malásia.

Recomendadas

Outros conteúdos GM

Conteúdo Patrocinado