Economia

Ministro da Economia diz que próximo ano "irá marcar o fim da crise"

Ministro da Economia diz que próximo ano "irá marcar o fim da crise"

O ministro da Economia, Álvaro Santos Pereira, afirmou, esta segunda-feira, que o próximo ano "irá marcar o fim da crise" e permitirá a Portugal retomar o crescimento da economia.

Segundo afirmou, "2012 será um ano determinante para Portugal e para a economia portuguesa", pois "certamente irá marcar o fim da crise e será o ano da retoma para o crescimento de 2013 e 2014".

O ministro da Economia, Álvaro Santos Pereira, inicia hoje o debate na especialidade do Orçamento de Estado para 2012, com audições nas comissões de Orçamento e Finanças, Segurança Social e Trabalho e Economia e Obras Públicas.

O OE2012 foi aprovado na generalidade na passada sexta-feira e terá agora de passar pelas várias comissões especializadas parlamentares, com os ministros a detalhar aos deputados o que está previsto para as áreas que tutelam.

Álvaro Santos Pereira está a ser ouvido a propósito das áreas do emprego, sector que tem estado no centro das atenções nas últimas semanas, com as propostas laborais que o Governo tem estado a discutir com os parceiros na concertação social, com destaque para a permissão legislativa de as empresas aumentarem o horário de trabalho em meia hora sem o remunerar.

Recomendadas

Conteúdo Patrocinado

Outros conteúdos GM