Economia

Morreu o organizador da Ovibeja

Morreu o organizador da Ovibeja

Manuel Efigénio Cano de Castro e Brito, presidente da ACOS-Agricultores do Sul, a entidade organizadora da Ovibeja, morreu esta terça-feira.

Castro e Brito, 65 anos, sentiu-se mal durante a madrugada, tendo os bombeiros sido alertados cerca das 1.13 horas. O óbito foi declarado cerca das 3.30 horas, na residência do agricultor, em Baleizão (Beja).

Manuel Efigénio Cano de Castro e Brito nasceu a 25 de setembro de 1950. Natural de Baleizão, era agricultor desde 1974. Era presidente da direcção da ACOS e da Comissão Organizadora da Ovibeja, desde 1989. Era ainda dirigente da FAABA - Federação das Associações de Agricultores do Baixo Alentejo, desde 2004.

Na sessão de inauguração da Ovibeja de 2005, foi distinguido pelo então presidente da República, Jorge Sampaio, como comendador com o grau de Mérito Agrícola, Comercial e Industrial - Classe Mérito Agrícola. Dois anos antes, em 2003, a Assembleia Municipal de Beja condecorou-o com a Medalha de Mérito Municipal (Grau Prata).

O presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, irá participar nas cerimónias fúnebres, marcadas para esta quarta-feira, às 12.15 horas, na Igreja do Carmo, em Beja.

Recomendadas

Outros conteúdos GM

Conteúdo Patrocinado