O Jogo ao Vivo

Dívidas Fiscais

Penhoras duplicaram nos últimos três anos

Penhoras duplicaram nos últimos três anos

O número de penhoras marcadas pelo Fisco duplicou entre 2012 e 2014, passando de 927 mil para mais de dois milhões. A implementação das penhoras automáticas, em vigor desde 2005, é apenas um dos sinais da desumanização de uma máquina fiscal mais oleada e, simultaneamente, implacável.

O aumento de impostos é sempre o remédio mais rápido que os governantes encontram para combater os desequilíbrios das contas públicas. Outra solução passa pelo combate à fraude e evasão fiscais. Os meios justificam os fins?

Leia mais na edição e-paper ou na edição impressa

Recomendadas

Outros conteúdos GM

Conteúdo Patrocinado