Economia

Poupanças nas PPP afinal são 25% do que o governo de Passos anunciou

Poupanças nas PPP afinal são 25% do que o governo de Passos anunciou

O ministro do Planeamento e das Infraestruturas, Pedro Marques, afirmou, esta quinta-feira, no parlamento que as poupanças alcançadas com a renegociação de nove Parcerias Público Privadas (PPP) rodoviárias "são cerca de um quarto do valor propagandeado".

"Das nove PPP que o Governo anterior concluiu a renegociação, as poupanças são cerca de um quarto do que andaram a propagandear", afirmou o governante, na audição conjunta da Comissão de Orçamento e Finanças com a Comissão de Economia e Obras Públicas.

Em resposta ao deputado do CDS-PP Hélder Amaral, Pedro Marques realçou que, "nas contas do Governo, as poupanças chegavam a brilhantes resultados de 2.500 milhões de euros, mas que na verdade são de 700 milhões de euros".

"E isto porque não chegamos à fase final da vida dos contratos", acrescentou, lembrando que só nessa altura será possível atestar o valor das grandes reparações nas vias, que no âmbito da renegociação dos contratos passaram a ser responsabilidade do Estado.

Já antes Pedro Marques tinha afirmado que a renegociação das PPP rodoviárias não terá a poupança "propagandeada" pelo Governo anterior.

Aliás, o Governo quer concluir este ano uma análise extensiva às renegociações das PPP rodoviárias, levadas a cabo pelo anterior executivo, para verificar "a real redução de encargos líquidos" para o erário público, declarou.

Recomendadas

Outros conteúdos GM

Conteúdo Patrocinado