O Jogo ao Vivo

Economia

Ramal ferroviário de Cáceres encerra dia 15

Ramal ferroviário de Cáceres encerra dia 15

O ramal de Cáceres vai ser encerrado à exploração ferroviária a partir de 15 de agosto, passando o comboio internacional Lusitânia Expresso a circular pela linha da Beira Alta.

O ramal de Cáceres tem 81, 5 quilómetros e liga Torre das Vargens, na Linha do Leste, à fronteira com Espanha na estação de Marvão-Beirã, seguindo depois até Madrid.

Atualmente circulam naquela linha apenas o Lusitânia Expresso e comboios de mercadorias.

Numa nota divulgada, esta sexta-feira, a Rede Ferroviária Nacional (REFER) acrescenta que este encerramento vem na sequência de orientações estabelecidas pelo Plano Estratégico dos Transportes (PET).

Esta era uma ambição antiga do governo, muito contestada pelos autarcas portugueses e espanhóis das zonas onde o Lusitânia Expresso - que liga Lisboa a Madrid - passa. Em novembro passado, os autarcas chegaram mesmo a fazer uma ação de protesto.

O coordenador da Federação dos Sindicatos de Transportes e Comunicações (FECTRANS), José Manuel Oliveira, critica esta decisão, afirmando que vai contribuir "ainda mais para a desertificação do interior" de Portalegre.

"É mais um fator para a desertificação do interior de Portalegre com as consequências que acarreta: cada vez menos equipamentos sociais e cada vez menos pessoas", disse José Manuel Oliveira à Lusa.

O sindicalista frisou que este encerramento afasta também a instalação de empresas e serviços na região.

Recomendadas

Conteúdo Patrocinado