Economia

Rendeiro pediu quatro milhões mas recebe 25 euros

Rendeiro pediu quatro milhões mas recebe 25 euros

O Banco Privado Português ainda deve 25 euros ao seu fundador e ex-presidente, João Rendeiro.

O capital em dívida está reconhecido na sentença de graduação de créditos agora proferida no âmbito do processo de insolvência do banco, a correr no Tribunal de Comércio de Lisboa. Segundo a decisão, aos 25 euros somam-se 19 cêntimos de juros. Apesar de ver admitida esta dívida, o ex-banqueiro viu a juíza Célia Santos recusar reconhecer-lhe um crédito de 4,127 milhões de euros que pagou ao Fisco, em vez do BPP.

Leia mais na edição e-paper ou na edição impressa.

Recomendadas

Outros conteúdos GM

Conteúdo Patrocinado