Economia

Suinicultores bloquearam autoestrada A1 em Alhandra

Suinicultores bloquearam autoestrada A1 em Alhandra

Os suinicultores que protestaram na sexta-feira em Lisboa bloquearam ao final da noite a circulação na Autoestrada do Norte, na zona de Alhandra. Uma hora depois, o trânsito foi restabelecido totalmente.

O bloqueio ocorreu pelas 23.50 horas de sexta-feira no quilómetro 16 da A1, no sentido Sul-Norte, impedindo a circulação nas vias direita e central, permitindo apenas o trânsito automóvel na via esquerda, segundo a GNR.

De acordo com a mesma fonte, o movimento foi retomado e o trânsito, cerca das 00:10, estava "a prosseguir em marcha lenta".

O porta-voz dos suinicultores que protestaram na sexta-feira em Lisboa, João Correia, atribuiu a tentativa de corte na Autoestrada 1 ao cansaço e ao desespero.

"O cansaço é muito, o desespero é maior ainda e, de alguma maneira, tentam fazer-se ouvir", afirmou à agência Lusa João Correia.

Cerca da 1.00 horas, "o trânsito foi totalmente restabelecido. Na realidade nunca esteve cortado. Houve uma paragem da via da direita por alguns veículos pesados ao quilómetro 16 da A1, às 23:50 de sexta-feira", afirmou uma fonte da GNR.

Entretanto, patrulhas da GNR acompanharam uma coluna de cerca de 70 veículos pesados, que foi reduzindo à medida que os camiões abandonaram a A1 nas saídas de Vila Franca de Xira, Carregado, Santarém e Aveiras.

Na sexta-feira, cerca de 300 camiões do país inteiro deslocaram-se a Lisboa para os suinicultores protestarem em frente ao Ministério da Agricultura, pedindo ajuda para um setor que dizem estar "à beira do colapso".

A concentração, que foi organizada pelo gabinete de crise dos suinicultores, grupo de trabalho criado no final do ano passado, quis manter este protesto em segredo, mas os camiões acabaram por ser intercetados pela polícia à entrada dos principais eixos da cidade.

Recomendadas

Conteúdo Patrocinado