Economia

Tabaco e álcool vão ser alvo de nova taxa

Tabaco e álcool vão ser alvo de nova taxa

É intenção do Governo agravar a tributação já existente no tabaco e nas bebidas alcoólicas. O "resto" está em estudo, confirmou fonte do Ministério da Saúde. Indústria e comércio contra; saúde a favor.

O tiro de partida foi disparado anteontem pela ministra das Finanças ao dizer que os "produtos noviços para a saúde" podem vir a sofrer um aumento da carga fiscal no próximo ano.

A hipótese de aumentar os impostos sobre o álcool não foi bem recebida pela Associação dos Comerciantes e Industriais de Bebidas Espirituosas e Vinhos (ACIBEV), que sublinha a continuação do agravamento no setor. "As bebidas alcoólicas, nomeadamente as bebidas espirituosas, têm sofrido um aumento brutal de impostos", aponta a secretária-geral da ACIBEV, Ana Isabel Neves. "Há 3 anos que os orçamentos de Estado aumentam o IABA (Imposto sobre o Álcool e as Bebidas Alcoólicas). Nos dois primeiros anos foi de 7,5%, no último ano, foi de 5%, para 2014".

Ler mais na versão e-paper ou na edição impressa

Recomendadas

Conteúdo Patrocinado

Outros conteúdos GM