Economia

Trabalhadores dos CTT estão em greve

Trabalhadores dos CTT estão em greve

Os trabalhadores dos correios iniciaram esta segunda-feira uma greve de 24 horas, convocada para exigir aumentos salariais, por um dos principais sindicatos do setor, que diz que há grande adesão, embora a empresa desvalorize.

O representante do Sindicato dos Trabalhadores dos Correios e Telecomunicações, Vitor Narciso, explicou à Lusa que a greve se deve à proposta "irrisória" de aumentos, feita pela administração, que esta organização recusa, embora tenha sido aceite pelos restantes dez sindicatos representantes de trabalhadores dos CTT.

O diretor de recursos humanos dos CTT, António Marques, prevê que a greve não se faça sentir junto da população. Também à Lusa explicou que, na sexta-feira, a empresa se preparou para minimizar os efeitos da greve, fazendo "avanços aos centros de distribuição postal".

Recomendadas

Conteúdo Patrocinado