Tecnologia

Internet ao largo do Porto até cinco milhas náuticas da costa

Internet ao largo do Porto até cinco milhas náuticas da costa

Os cibernautas que se encontrem na costa marítima entre o Porto e a Póvoa de Varzim até cinco milhas náuticas vão poder aceder a Internet gratuita e de banda larga em 2014.

"O objetivo do projeto é estender a cobertura da rede Porto Digital, que neste momento existe na cidade do Porto, até cinco milhas náuticas para dentro do mar", disse, em entrevista à Lusa, Rui Campos, professor na Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto e investigador no laboratório INESC Tecnologia e Ciência, entidade responsável pelo projeto inovador.

Segundo Rui Campos, o acesso à Internet de forma gratuita a quem esteja até cinco milhas náuticas, cerca de 9,2 quilómetros, da linha de costa entre as cidades do Porto e Póvoa de Varzim, será possível "ao longo do ano de 2014".

O projeto-piloto está a ser testado com comunicações wireless (sem fios) de banda larga entre o Edifício Transparente, localizado na Foz do Porto, e entre barcos de pesca de sardinha, da Cooperativa Propeixe, do porto de Matosinhos.

Na base do projeto-piloto está uma "tecnologia inovadora", designada "JANUS", que transforma os barcos de pesca em pontos de transmissão de Internet para outros barcos.

"Pela primeira vez, pescadores, turistas ou qualquer pessoa localizada até cinco milhas da costa vão ter acesso gratuito à Internet wireless e de banda larga", acrescenta o coordenador do projeto.

O acesso à Internet no mar, hoje em dia, é feito via satélite, uma tecnologia que acarreta custos muito elevados, ou então tem que ser feito muito próximo de terra, novamente através de tecnologias pagas, explica Rui Campos.

O INESC Tecnologia e Ciência é a designação do Laboratório Associado coordenado pelo INESC Porto e agrupa cerca de 230 Doutorados, entre 769 Investigadores.

O projeto digital vai ser oficializado através de um protocolo celebrado na próxima sexta-feira pelas 11:00, entre o INESC Tecnologia e Ciência e a Associação Porto Digital.

O protocolo é assinado no âmbito da terceira edição do Fórum do Mar e na presença do Secretário de Estado do Mar, Manuel Pinto de Abreu.

Recomendadas

Conteúdo Patrocinado