Tecnologia

Primeiro sequestro de ficheiros no Apple OS X

Primeiro sequestro de ficheiros no Apple OS X

A Apple aconselhou os utilizadores a atualizar as versões 2.90 e 2.91 do novo sistema operativo OS X El Capitan, depois de detetado o primeiro caso de sequestro de ficheiros de um computador da marca.

Foi o primeiro ataque bem-sucedido a um Mac com o sistema operativo OS X El Capitan. Os ciber-criminosos infetaram o serviço P2P Bit Torrent com o "ransomware" KeRanger, uma aplicação maliciosa que sequestra ficheiros até que o utilizador pague um resgate em bitcoins, a moeda virtual em ascensão no mundo.

Os arquivos de instalação foram infetados a 4 de março. Segundo a Palo Alto Networks, o KeRanger enganou o sistema de verificação de "software" da Apple utilizando um certificado válido de desenvolvimento de aplicações para Mac.

A falha de segurança foi descoberta pouco depois e o certificado em causa foi retirado. Segundo a Apple, a partir de agora o KeRanger será detetado pelos sistemas de segurança da companhia.

Os programas de "ransomware" como o KeRanger sequestram ficheiros importantes, quer pelo valor sentimental ou profissional, e só os libertam se o dono do computador infetado pagar um resgate.

Estima-se que cerca de 10% das pessoas atacadas pague para reaver os ficheiros. Um "negócio" que rende milhões de euros por mês.

Conteúdo Patrocinado