O Norte é uma sinfonia sem maestro e arrisca perder o comboio dos próximos fundos europeus se não exigir as rédeas do seu futuro. JN ouviu a indignação do Alto Minho na conferência dos seus 125 anos.

Viana do Castelo

Indignação do Alto Minho na conferência dos 125 anos do JN

Indignação do Alto Minho na conferência dos 125 anos do JN

Recomendadas

Conteúdo Patrocinado