Incêndios

Chamas ameaçaram Sete Fontes em Braga

Chamas ameaçaram Sete Fontes em Braga

Um incêndio consumiu, esta quinta-feira de madrugada, parte da área verde envolvente às Sete Fontes, monumento nacional em Braga, classificado em Julho.

O incêndio nas Sete Fontes foi controlado cerca das 02.00 horas. Situado na freguesia de São Victor, em Braga, o complexo monumental barroco viu parte da área verde reduzida a cinzas.

Os acessos condicionados foram um dos grandes problemas para os bombeiros que, a juntar à falta de limpeza, levaram a uma situação complexa. "Já pedimos à Câmara a limpeza destes terrenos, até porque sabemos que há interesses que nos levam a dizer que esta é a área no concelho onde há mais probabilidade de arder", afirmou Firmino Marques, presidente da Junta de São Victor, reclamando medidas urgentes para proteger o monumento nacional.

Os bombeiros sapadores de Braga combateram o incêndio com quatro batedores, pois o único veiculo operacional, um carro pesado urbano, não conseguia entrar na zona classificada pelo IGESPAR.

Fonte dos bombeiros de Braga indicou ainda que o transporte de alguns "soldados da paz" foi feito numa ambulância do INEM, dos sapadores, por falta de viaturas.

Alguns moradores foram os primeiros a chegar ao local e afirmaram que o incêndio começou em cinco pontos distintos.

Desde a classificação como monumento nacional, este foi o terceiro incêndio nas Sete Fontes.

Recomendadas

Conteúdo Patrocinado