Guimarães

Dez moradores não podem regressar a casa após incêndio

Dez moradores não podem regressar a casa após incêndio

Apenas três das 13 pessoas afetadas pelo incêndio, que afetou na sexta-feira à noite dois edifícios do centro histórico de Guimarães, podem regressar às suas casas.

O incêndio deflagrou cerca das 23.30 horas de sexta-feira e destruiu dois edifícios no centro da cidade de Guimarães.

Nos dois edifícios, com cinco alojamentos, moravam 13 pessoas. Apenas três poderão regressar de imediato às suas casas, informou este sábado de manhã o vereador da Câmara Municipal com o pelouro da Proteção Civil, Amadeu Portilha.

No combate às chamas um bombeiro sofreu ferimentos ligeiros por inalação de fumos, segundo fonte dos Bombeiros Voluntários de Guimarães.

As causas do fogo, que foi extinto cerca da 01 hora, ainda estão a ser apuradas.

As chamas foram combatidas por 44 bombeiros, auxiliados por 12 viaturas.

Recomendadas

Conteúdo Patrocinado

Outros conteúdos GM