Alcains

Casal idoso morre a fugir de incêndio no quarto

Casal idoso morre a fugir de incêndio no quarto

Um incêndio numa habitação causou dois mortos, esta madrugada, em Castelo Branco. As vítimas foram encontradas à saída do quarto.

Um homem, de 88 anos, e a mulher, de 87, morreram esta madrugada na sequência de um incêndio que deflagrou no quarto em que dormiam.

As chamas queimaram a cama por completo e afetaram ainda uma outra divisão da casa, situada na rua Padre Mestre, na vila de Alcains, distrito de Castelo Branco.

Ao contrário das primeiras informações, o casal não morreu na cama, mas sim à saída do quarto, ao tentar fugir das chamas. "Encontrámos as vítimas caídas no corredor. O homem já cadáver e a mulher em estado muito grave", disse ao JN o comandante adjunto dos Bombeiros de Castelo Branco, Paulo Candeias.

As vítimas foram retiradas para o exterior pelos bombeiros. A mulher foi transportada, em estado grave, para o hospital onde faleceu horas depois. O casal não aparentava sinais de queimaduras e terá sido vítima de inalação de fumo.

Segundo o comandante dos Bombeiros de Castelo Branco, não é ainda possível apurar as causas do incêndio, estando a investigação a ser conduzida pela Polícia Judiciária.

Segundo fonte do Comando Distrital de Operações e Socorro (CDOS) de Castelo Branco, o alerta soou às 3.15 horas da madrugada desta quinta-feira.

No local estiveram cinco viaturas e 13 operacionais dos bombeiros de Castelo Branco, a Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) do Hospital Amato Lusitano (HAL), GNR e Polícia Judiciária.

Recomendadas

Conteúdo Patrocinado

Outros conteúdos GM