Associação Académica de Coimbra

Eduardo Melo eleito presidente da Associação Académica

Eduardo Melo eleito presidente da Associação Académica

O estudante Eduardo Melo foi eleito esta madrugada presidente da direcção-geral da Associação Académica de Coimbra , à primeira volta, com uma vitória esmagadora sobre os outros dois candidatos.

O presidente da Comissão Eleitoral disse que Eduardo Melo, que encabeçava a lista T, obteve no sufrágio 4299 votos (73,20%), superando largamente a votação dos projectos R e A, que obtiveram 550 e 346 votos, respectivamente.

Segundo Diogo Pereira, votaram 5805 estudantes, menos meio milhar do que nas eleições de 2009, num universo de mais de 20 mil alunos, tendo-se registado ainda 470 votos em branco e 140 nulos.

O candidato vencedor, de 22 anos, aluno do 3.º ano do curso de Bioquímica, é o actual coordenador-geral do pelouro de política educativa da AAC na direcção geral presidida por Miguel Portugal, que não se recandidatou a um segundo mandato.

O presidente eleito disse, à Lusa, que irá exercer uma "postura combativa em defesa dos direitos dos estudantes" e apontou baterias ao decreto lei que estabelece os apoios da Acção Social Escolar e as normas técnicas que definem a atribuição das bolsas de estudo.

Para Eduardo Melo, neste cenário de crise económica era importante o "alargamento da base de apoio da acção social escolar e não a sua restrição como aconteceu", considerando que a actual legislação não serve aos estudantes.

O finalista do curso de Bioquímica adiantou ainda que pretende "reaproximar a cidade e a comunidade estudantil", desenvolver planos de formação para o empreendedorismo e debater a criação de um plano de desenvolvimento da Universidade de Coimbra.

"Queremos em Coimbra uma universidade de excelência e, para isso, necessitamos de um plano a longo prazo que promova a qualidade de ensino", sublinhou Eduardo Melo.

Pela lista T, foi eleita para a mesa da Assembleia Geral Diana Taveira, a primeira mulher a exercer o cargo em toda a história da AAC.

 Além de Eduardo Melo, concorreram às eleições para a direcção-geral da AAC, cujo votação decorreu nos dias 29 e 30 de Novembro, os estudantes Sílvia Franklin, do curso de Física, e Henrique Paranhos, de Engenharia Civil.

Recomendadas

Outros conteúdos GM

Conteúdo Patrocinado