Figueira da Foz

CP vai retomar ligação entre Alfarelos e Figueira da Foz

CP vai retomar ligação entre Alfarelos e Figueira da Foz

A ligação ferroviária entre Alfarelos e a Figueira da Foz, distrito de Coimbra, suspensa devido ao mau tempo que assolou o país no domingo, deverá ser retomada ainda esta noite de segunda-feira.

De acordo com Ana Portela, porta-voz da CP - Comboios de Portugal, a empresa conta que "ainda esta noite", dentro das próximas horas, seja "retomada a ligação ferroviária entre Alfarelos e a Figueira da Foz".

A transportadora prevê ainda, em colaboração com a Câmara da Figueira da Foz, assegurar durante terça-feira o transporte de passageiros em autocarros, às 06:58, 07:40, 12:58 e 13:58, no sentido Figueira da Foz-Coimbra, e às 17:56 e 19:00, no sentido inverso.

"Estes autocarros fazem a ligação direta entre Figueira da Foz e Coimbra", explicou Ana Portela, acrescentando que a empresa procura desta forma "minimizar os problemas nas deslocações que estão a ser causados pelos efeitos da intempérie".

O mau tempo dos últimos dias levaram a restrições à circulação na rede ferroviária nacional, mas devido a inundação da via, apenas se encontra condicionada a Linha do Norte em Alfarelos, informou, entretanto, a Infraestruturas de Portugal (IP), que agregou a Estradas de Portugal e a Rede Ferroviária Nacional.

Numa nota sobre o ponto da situação, às 19:30, a IP adiantou que, em consequência da zona submersa em Alfarelos, se mantém "a necessidade de transbordo entre Pombal e Coimbra e a supressão do serviço urbano entre Figueira do Foz e Coimbra".

"Logo que se verifique a descida das águas e após nova vistoria da linha será reposta a circulação ferroviária. Nas últimas 24 horas apenas se verificou uma descida de 20 centímetros no nível das águas", referiu a IP.

A gestora da infraestrutura ferroviária esclareceu também que, "na Linha do Norte, em Estarreja, já se encontram a decorrer trabalhos para levantar as restrições de velocidade" existentes e que "foram já levantadas as restrições de velocidade na Linha do Douro e na Linha da Beira Alta".

Em relação à rede rodoviária nacional, a IP revelou que ainda se encontram submersas a via do Itinerário Complementar (IC)3 -- Variante da Portela --, com a circulação a realizar-se pelas vias coletoras, a Estrada Nacional 347, em Figueiró do Campo, junto a Figueira da Foz, e a EN230-2, junto a Angeja.

No documento salienta-se que a EN222, aos quilómetros 96 e 116, nas proximidades de Resende, e a EN210, ao quilómetro 48,900, junto a Amarante, "encontram-se cortadas por deslizamento de terras".

A CP informou, entretanto, que os passageiros com bilhetes já comprados, que pretendam desistir da viagem devido às perturbações na circulação, devem dirigir-se antecipadamente a uma bilheteira e "pedir o reembolso ou a revalidação gratuita para outro dia".

A empresa notou que, nos casos de impedimento de deslocação a uma bilheteira ou após a hora da partida da viagem inicial, os utentes devem recorrer aos serviços de apoio ao cliente ou consultar as páginas nas redes sociais.

Recomendadas

Conteúdo Patrocinado