País

Pais de criança morta em queda do 21.º andar detidos

Pais de criança morta em queda do 21.º andar detidos

Uma criança de cinco anos caiu de um 21.º andar, em Lisboa, e morreu. Os pais ficaram detidos e indiciados por um crime de exposição ou abandono agravado.

Os pais da criança que morreu, esta madrugada, em Lisboa, na sequência de uma queda de um 21.º andar, foram ouvidos ao longo de várias horas, na qualidade de arguidos, esta tarde, pela Polícia Judiciária (PJ), que está a investigar o caso.

Segundo a fonte da PJ, o casal vai ser presente no sábado ao juiz de instrução criminal para primeiro interrogatório judicial e aplicação de medidas de coação.

O homem vai pernoitar no estabelecimento prisional anexo às instalações da PJ, enquanto a mulher foi levada para o estabelecimento prisional de Tires.

A criança caiu de uma habitação do 21.º andar da Torre São Rafael, no Parque das Nações, na Avenida do Índico, em Lisboa, disse ao JN fonte da PSP. Em 2011, uma jovem modelo de 17 anos perdeu a vida ao cair do 15.º andar do mesmo prédio, no Parque das Nações.

A PSP recebeu o alerta às 3.27 horas desta madrugada. O corpo da criança foi recolhido às 6.45 horas da manhã desta sexta-feira e transportado para o Instituto de Medicina Legal, em Lisboa.

A menina estava sozinha em casa. Os pais, de nacionalidade chinesa, estariam no casino e deram pela falta da filha quando chegaram a casa, de madrugada.

Ao que o JN apurou, ao entrar em casa os pais não encontraram a filha e viram uma janela aberta. Espreitaram para baixo e descobriram o corpo da filha, sem vida.

A criança caiu numa parte lateral do prédio, no interior do condomínio, ao lado do centro comercial Vasco da Gama, constatou o JN no local. As operações de limpeza, feitas pelos serviços do condomínio, já terminaram, o que indicia que as perícias policiais no local estarão concluídas.

Ninguém do condomínio do prédio se mostrou disponível para prestar declarações. Pela hora a que ocorreu a morte da criança, ninguém terá presenciado a queda fatal.

Nas Torres São Rafael, situadas numa das zonas mais exclusivas de Lisboa, onde vivem atores e jogadores de futebol, um apartamento T2 Duplex, usado, pode custar 600 mil euros.

Em abril de 2011, uma jovem modelo brasileira de 17 anos, Jeniffer Viturino, morreu na sequência de uma queda de uma habitação do 15.º andar da Torre São Rafael, em Lisboa.

A casa pertencia ao namorado da jovem, que teria uma relação violenta com Jeniffer Viturino, mas a autópsia confirmou que a modelo morreu da queda e não encontrou indícios de ter sido agredida.

Os pais da jovem não acreditam que Jeniffer Viturino tenha cometido suicídio.

Recomendadas

Conteúdo Patrocinado