Lisboa

Novo passe chama-se "Navegante" e permite andar de autocarro, metro, eléctrico e comboio

Novo passe chama-se "Navegante" e permite andar de autocarro, metro, eléctrico e comboio

O novo passe único para Lisboa, o "Navegante", vai custar 35 euros e permitirá a partir de Fevereiro andar de autocarro, eléctrico, metro e comboio dentro da malha urbana da capital, disse, esta sexta-feira, o secretário de Estado das Transportes.

"Vai simplificar a vida na cidade, eliminar alguns passes intermodais e combinados em Lisboa e corresponde a uma das promessas do Governo de reduzir os custos administrativos da simplificação tarifária", afirmou Sérgio Monteiro à Agência Lusa.

O governante disse ainda que a Transtejo e os Transportes Colectivos do Barreiro já chegaram a um acordo com o Governo para aderir a este novo passe e espera que outros privados sigam o exemplo.

O novo passe terá duas zonas, correspondentes às servidas actualmente pelos passes Carris/Metro: urbana e suburbana e poderá ser utilizado nos autocarros, no metro, no serviço urbano da CP e nas linhas do eléctrico até Algés.

O Governo pretende que as pessoas comecem a encarar o comboio como um meio de transporte urbano, o que actualmente não acontece.

Nesse sentido, para justificar a inclusão da CP Lisboa no novo título, o Governo apontou na sua proposta de reestruturação dos transportes de Lisboa "um especial benefício para a zona ocidental, a zona de Benfica, a ligação da zona oriental ao centro e a utilização da linha de cintura".

O governante considera que o 'Navegante' será o "primeiro passo para a implementação progressiva do sistema tarifário de toda a Área Metropolitana de Lisboa (AML)".

Actualmente, existem 710 combinações diferentes de títulos de transporte na AML, sendo que só a CP Lisboa tem 177 títulos diferentes.

Recomendadas

Outros conteúdos GM

Conteúdo Patrocinado