Amarante

Rio Tâmega ameaça inundar Amarante

Rio Tâmega ameaça inundar Amarante

A proteção civil municipal de Amarante aconselhou, esta sexta-feira, os comerciantes e moradores da rua 31 de Janeiro a precaverem os seus bens face ao risco elevado de inundação previsto para a madrugada.

O pico do problema, pelas previsões pelo Centro de Previsões de cheia deverá ocorrer por volta das três horas.

A rua às 19 horas foi cortada à circulação automóvel para que os lojistas pudessem trabalhar sem pressão, explicou ao JN, Hélder Ferreira, Comandante Operacional Municipal. A última cheia, em 10 de janeiro provocou vários prejuízos devido à súbita subida do rio.

"Não queremos ser surpreendidos de novo", explicou entre caixotes, Edgar Pinto, dono da Ótica S. Gonçalo. Ao lado a confeitaria Tinoca já tinha as lérias e os papos de anjo que sobraram da safra do dia ensacados. "È a nossa sina. Isto é muito bonito, mas tem este problema, desabafou a proprietária, ainda assim sem perder o sorriso". Na rua os moradores olham o rio à espera de uma nova noite de sobressalto.

Recomendadas

Conteúdo Patrocinado