Gondomar

Sushi de Gondomar candidato a prémio de arquitetura

Sushi de Gondomar candidato a prémio de arquitetura

Um restaurante de sushi, em Gondomar, é finalista de um prémio de arquitetura. O Basho Sushi House encontra-se entre os cinco finalistas do prémio internacional A+Awards, promovido pela plataforma de arquitetura Architizer.

O projeto desenvolvido na Basho Sushi House, na Rua Combatentes da Grande Guerra nº 177, em Gondomar, é da autoria do gabinete de Paulo Merlini, e foi escolhido entre candidaturas de mais de uma centena de países.

Segundo Paulo Merlini, o projeto "baseou-se em tirar o máximo partido de um espaço pequeno (25 m2), usando o teto e a luz como elementos capazes de criarem impacto". E porque estamos perante um restaurante de sushi, Paulo descreveu a verdadeira "paciência de chinês" que foi pendurar no teto "8400 pauzinhos". "Consegui uma estrutura original, económica e ao mesmo tempo apelativa", sublinhou.

Já relativamente ao prémio - a obra encontra-se nomeada para dois galardões, um atribuído pelo júri e outro pelo público - Merlini não tem dúvidas que seria uma "excelente oportunidade para elevar o nome de Gondomar".

De resto, foi isso que aconteceu, quando, em 2014, a população se uniu para votar no projeto "Confeitaria" desenvolvido por Paulo Merlini e André Santos Silva, para a Gondodoce, e que chegou a ser finalista dos prémios do site de arquitetura, ArchDaily.

O mesmo projeto foi distinguido, o ano passado, com uma menção honrosa na BID"14 Bienal Ibero-americana de Desenho, na categoria Desenho de Espaços e Interiores.

A votação no projeto português decorre até ao próximo dia 1 de abril.

Recomendadas

Outros conteúdos GM

Conteúdo Patrocinado