Porto

Rebentamento de pneu de camião na origem de acidente na VCI

Rebentamento de pneu de camião na origem de acidente na VCI

O rebentamento do pneu de um camião terá estado na origem do acidente que esta terça-feira envolveu cinco veículos e provocou um morto e dois feridos.

Sérgio Cruz, de 44 anos, seguia no seu Audi no sentido Arrábida-Freixo quando percebeu que um pneu dianteiro do camião que seguia à sua frente "estourou" e que o seu condutor perdeu o controlo, relatou o próprio, citado pela Agência Lusa. A PSP já confirmou, entretanto, que foi o rebentamento de um pneu que provocou o despiste.

"Veio embater contra mim e eu capotei várias vezes. Quando me imobilizei, percebi que o camião tinha galgado o separador central para a via contrária", disse.

Depois de atravessar o separador central, o condutor do camião terá conseguido evitar vários veículos que seguiam no sentido contrário mas um deles, um Renault Laguna, ter-se-á despistado e capotado.

Num terceiro veículo, um Opel Corsa, seguia Pedro Gonçalves, de 21 anos, que viu o camião a galgar o separador central mas conseguiu sair ileso e parar um pouco à frente.

Foi ele quem tirou do Laguna um passageiro, que sobreviveu, mas já não conseguiu fazer o mesmo com o condutor, que se encontrava morto.

Um quinto veículo levou com pedaços dos automóveis acidentados, projectados na sequência do acidente.

Um dos feridos foi transportado para o Hospital de Santo António, onde se encontra consciente e a realizar exames.

O acidente, que ocorreu esta terça-feira à tarde na Via de Cintura Interna, no Porto, praticamente paralisou a circulação normal do trânsito, levou a que várias dezenas de transeuntes se juntassem nas imediações do local a observar um cenário que muitos classificam de "dantesco".

Recomendadas

Outros conteúdos GM

Conteúdo Patrocinado