Porto

Rio vai pedir a Menezes "informações sobre patrocinadores" que conseguiu para Rali

Rio vai pedir a Menezes "informações sobre patrocinadores" que conseguiu para Rali

O presidente da Câmara do Porto anunciou este sábado que vai "solicitar" a Luís Filipe Menezes "informações sobre os patrocinadores e montantes" que conseguiu para o Rali de Portugal, para "muito rapidamente assinar o compromisso com o Automóvel Clube de Portugal".

Em comunicado, Rui Rio diz ter sido "informado" pelos candidatos independente e do PS à Câmara do Porto - Rui Moreira e Manuel Pizarro, respetivamente -- "que estão de acordo que a Câmara se comprometa com a organização do Rali de Portugal para os próximos três anos (2014, 2015 e 2016), a partir da cidade do Porto".

Isto porque, continua, "o Dr. Luís Filipe Menezes [candidato do PSD à autarquia portuense] tornou público já ter conseguido patrocinadores privados em número e valor suficientes para assegurar as responsabilidades financeiras que terão de ser suportadas pelo município".

"Para esse efeito, entendem que deverá ser solicitada ao Dr. Luís Filipe Menezes a informação sobre os referidos patrocinadores e respetivos montantes, de molde a que o comprometimento da Câmara não venha a correr qualquer risco no futuro", refere.

Afirmando estar, "nesta matéria, de acordo com todos os candidatos", Rui Rio diz que "irá agir em conformidade no sentido de muito rapidamente poder assinar o compromisso com o Automóvel Clube de Portugal [ACP], a entidade que para este efeito contactou a CMP [Câmara Municipal do Porto]".

No passado domingo, o presidente da Câmara do Porto referiu a hipótese de uma etapa do Rali de Portugal se realizar no Porto, mas esclareceu que a sua decisão será a pensar no seu "sucessor" à frente da autarquia.

"Tenho a proposta na minha secretária. Se ficasse na Câmara, não tenho dúvida de que a minha resposta seria afirmativa. Era importante que o rali viesse para o Norte, porque há aqui muitos adeptos do desporto automóvel. Vou tomar uma decisão, mas vou ter de ponderar, porque não vou amarrar a Câmara a algo que não será para mim", admitiu.

De acordo com o Jornal de Notícias, a candidatura do PSD terá, entretanto, enviado ao presidente da Câmara do Porto uma carta a informar que "garantiu financiamento privado" para o evento.

Na sexta-feira, Rui Moreira e Manuel Pizarro vieram defender que, neste contexto, as garantias de financiamento ao Rali de Portugal do candidato social-democrata eliminam o "obstáculo" que faltava para a autarquia dar luz verde ao evento.

"A partir de agora, o atual executivo pode perfeitamente assumir este compromisso. Pela minha parte aplaudo. Seria bom que o candidato do Governo dissesse quem são os mecenas disponíveis a pagar. Já que existem, que se fique a saber quem são", observou Rui Moreira, em resposta à agência Lusa.

Também para Manuel Pizarro, do PS, "se é assim está tudo tratado", sendo que para remover o "último obstáculo" é essencial que Luís Filipe Menezes diga "quem são os patrocinadores e que eles venham a público confirmar que é verdade que vão patrocinar".

Para Rui Moreira, a existência de patrocínio apenas no caso de Menezes vencer não se coloca: "O mecenas de uma cidade ou de um rali não é o mecenas das candidaturas. Um mecenas fomenta e apoia e patrocina um evento, não é um evento condicionado. A não ser que a condição seja ele eventualmente participar como piloto", afirmou.

Também Pizarro disse querer convencer-se de que "os patrocinadores patrocinam a Câmara do Porto e não o candidato".

Recomendadas

Conteúdo Patrocinado

Outros conteúdos GM