Porto

Transportes de Lisboa e Porto geridos pelas autarquias

Transportes de Lisboa e Porto geridos pelas autarquias

O ministro do Ambiente garantiu que o fim da concessão dos transportes de Lisboa e do Porto não implica qualquer indemnização e que a gestão dos transportes rodoviários deve ser feita pelas autarquias.

"Em relação aos transportes rodoviários de Lisboa e do Porto [da responsabilidade da Carris e da Sociedade de Transportes Coletivos do Porto (STCP), respetivamente], temos esta forte vontade de fazer com que venham a ser geridos pelas autarquias, num modelo jurídico que vamos conversar com elas", explicou João Pedro Matos Fernandes, à margem da inauguração do novo balcão de atendimento da empresa Águas do Porto.

O ministro esclareceu ainda que a reversão da concessão dos transportes em Lisboa e no Porto (para além da Carris e da STCP, estava também em causa o Metro de Lisboa e o Metro do Porto) não implica qualquer indemnização às empresas vencedoras do concurso lançado pelo anterior Governo, já que o mesmo tinha, pelo menos, "duas ilegalidades com com significado".

Recomendadas

Outros conteúdos GM

Conteúdo Patrocinado