Valongo

Raspadinha rende prémio de 20 mil euros

Raspadinha rende prémio de 20 mil euros

O dono da tabacaria que nem há três semanas vendeu uma raspadinha, no centro de Valongo - que rendeu ao cliente um prémio de três mil euros por mês durante 14 anos (cerca de meio milhão de euros) - voltou a dar um grande prémio.

Com uma raspadinha que custou dois euros, uma mulher ganhou 20 mil, esta segunda-feira.

Só que desta vez, a sorte bateu noutro estabelecimento que Mário Pacô tem em Ermesinde.

"Já só falta um grande prémio na loja que tenho no Porto, na Rua de Faria Guimarães", desabafou, em jeito de graça, o empresário.

Segundo Maria José Silva, a funcionária que vendeu a raspadinha premiada, a sorte calhou "a uma cliente habitual, de meia idade", que "quase entrou em colapso" quando se apercebeu do prémio: 20 mil euros.

Ainda incrédula com o sucedido, a mulher "telefonou a uma amiga" e, depois, seguiu para o trabalho.

Neste mesmo estabelecimento foi registado, em 2015, o primeiro prémio do Totoloto: cerca de 600 mil euros.

Recomendadas

Outros conteúdos GM

Conteúdo Patrocinado