Santarém

A23 reaberta ao trânsito, Mação e Gavião ainda com estradas nacionais cortadas

A23 reaberta ao trânsito, Mação e Gavião ainda com estradas nacionais cortadas

Autoestrada da Beira Interior (A23), que esteve fechada ao trânsito, entre o nó de Mouriscas e o nó de Mação, distrito de Santarém, devido ao incêndio na região, já foi reaberta, disse à Lusa fonte da GNR.

De acordo com a GNR, a A23 "foi completamente reaberta desde as 19:25", depois de ter estado, desde as 13:55, fechada ao trânsito nos dois sentidos, por causa do incêndio que lavra desde quarta-feira no concelho de Mação.

Às 22:00 mantinham-se ainda fechadas no concelho a EN3-12, entre Mação e Ortiga, e a EN 244 que liga Mação a Belver, disse à Lusa o oficial à "sala de situação" do Comando da GNR de Santarém Capitão Canatário.

À mesma hora, do outro lado do Rio Tejo, no concelho do Gavião, Distrito de Portalegre, as chamas obrigaram também ao corte da EN 118, na rotunda de Alvega.

"Os condutores que pretendam ir para Portalegre, pelo lado do Gavião estão a ser direcionados para a A23", acrescentou o mesmo responsável.

De acordo com a página na Internet da Autoridade Nacional de Proteção Civil, o incêndio em Mação deflagrou às 00:01 de quarta-feira e mobilizava na noite de hoje 821 operacionais, e 247 meios terrestres.

O incêndio do Gavião, que deflagrou em Belver, às 17:15 de quinta-feira, estava, segundo a mesma página, a ser combatido por 480 homens, apoiados por 160 viaturas.

Recomendadas

Conteúdo Patrocinado