Montalegre

Missão de auxílio a caminheiros em apuros terminou de madrugada

Missão de auxílio a caminheiros em apuros terminou de madrugada

Dois grupos de caminheiros, um dos quais com uma criança, foram encontrados ao final da tarde deste sábado no Parque Nacional da Peneda-Gerês, nas imediações das antigas Minas dos Carris, em Montalegre, depois de horas de aflição e do envolvimento de quase meia centena de bombeiros para os resgatar sãos e salvos. A missão de salvamento só terminou na madrugada deste domingo.

Um homem que caiu ao rio já estava em estado de hipotermia. Ao princípio da noite, cinco bombeiros de Montalegre entraram em estado de hipotermia no percurso de cerca de dez quilómetros sempre a pé, tendo sido acionado, mas só nessa ocasião, o Grupo de Intervenção de Proteção e Socorro (GIPS) da GNR. Bombeiros das corporações de Terras do Bouro, Salto, Montalegre e Fafe estiveram ao longo do dia envolvidos nas operações de socorro, mas as condições atmosféricas complicaram tudo.

Na zona da Portela do Homem, em Terras de Bouro, bombeiros e os caminheiros foram acolhidos por uma equipa médica da VMER do Hospital de Chaves e por outros meios de socorro, principalmente quando se soube haver sete bombeiros em perigo e se temeu que o final da operação de resgate poderia ficar tragicamente comprometido.

"Seis elementos foram resgatados, um dos quais teve de ir para o hospital", disse o tenente-coronel Albino Tavares, que estava a gerir a intervenção do GIPS no Gerês, indicando que foi ainda dado apoio a sete bombeiros, que foram os primeiros a chegar ao local e que também ficaram em dificuldades.

Rui Barbosa, um montanhista que conhece bem a zona e que esteve nos Carris, disse ao JN "ter visto dois grupos a subir a meio da manhã, quando nós já descíamos". Segundo Rui Barbosa, "o grupo, que incluía uma criança, não parecia estar preparado para esta zona e logo neste dia, estando vestidos só com fatos de treino".

Para casos de negligência grosseira, em que as pessoas se aventuram mesmo sem terem a necessária autorização do PNPG, estão previstas coimas, a aplicar pelo Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas.

As antigas Minas dos Carris integram-se num dos pontos mais altos do Parque Nacional da Peneda-Gerês, ma zona fronteiriça, com acessos por ambos os países, mas é difícil a caminhada, que tem de ser sempre a pé, exigindo bastantes cuidados e bom sentido de orientação, bem como boa preparação física e anímica.

As antigas Minas dos Carris situam-se na freguesia de Cabril, em Montalegre, a uma altura de cerca de 1.500 metros, sendo habitualmente das primeiras zonas onde cai neve no inverno.

A última vez que se deu caso idêntico, foi há poucas semanas, em meados de novembro de 2015, quando um casal de Braga se perdeu e a mulher fraturou a bacia.

Recomendadas

Outros conteúdos GM

Conteúdo Patrocinado