Média

Carolina Deslandes é quem mais ordena no Facebook

Carolina Deslandes é quem mais ordena no Facebook

É a mais nova dos cinco concorrentes em competição no concurso "caça-talentos" da SIC, uma das favoritas desde os "castings", e também aquela que colecciona mais adeptos na internet. Porém, Carolina Deslandes foi das menos votadas no passado domingo.

A quarta edição de "Ídolos" está já a entrar na sua recta final. Após Neemias ter abandonado o formato na última gala, por sinal a derradeira quanto à possibilidade de resgate por parte do júri, que optou por não fazer uso dela, sobejam agora apenas tantos candidatos à vitória quantos os dedos que se contam numa mão.

Martim, Sandra, Adriano, Maria Bradshaw e Carolina compõem, então, o leque de finalistas de um formato que não se joga só no pequeno ecrã, estendendo-se ao universo virtual. Todos têm páginas de fãs sediadas no Facebook, e se a rede social constituísse barómetro no presente momento para coroar o próximo ídolo de Portugal, Carolina seria rainha. Porém, o escrutínio do voto telefónico de domingo, quase ditava a saída da jovem de 19 anos.

Acedendo ao Facebook, o número de páginas dedicadas a Carlolina dá logo pistas quanto ao extenso clube de devotos que torcem pela alfacinha: tem mais de dez activas, criadas pelos seus aficcionados. Se fizermos as contas, somando todos os que se dizem fãs, estes perfazem um total de cerca de 30 mil.

O segundo lugar no pódio, para já, pertence a Martim Vicente, com 10.500 fãs, imediatamente seguido por Sandra Pereira, quase ex aequo, com dez mil. Maria Bradshaw tem perto de 4.700 apoiantes, enquanto que Adriano Diouf se fica pelos 883. Curiosamente, é o único concorrente que, além da página de adeptos, vê o seu nome numa outra associada a quem não simpatiza em particular com a sua voz, sendo cerca de 160 os que manifestam desagrado.

A única página oficial existente na rede social é a baptizada com o nome do programa, portanto, de "Ídolos". Perto de 134 mil pessoas "gostam disto", que é como que diz, são fãs do programa. Mas quem verdadeiramente continua a dar cartas no que toca a este campeonato "facebookiano" é mesmo Diana Piedade. A ex-concorrente atinge 146 mil devotos.

Um "dèjá vu"?

Ora, foi a edição anterior do formato de Carnaxide a abrir o precedente para uma espécie de "guerra" na internet entre os finalistas de "Ídolos". À data, Diana, que acabou por deixar escapar a vitória para Filipe Pinto, acendeu um rastilho em directo ao agradecer aos apoiantes que reunia no Facebook. A partir daí, plantou-se a semente para uma "pandemia" de cibernautas a subscrever a causa de Diana Piedade: ganhar.

Certo é que a febre em redor do talento da cantora ao nível da Web não se traduziu depois em votos na final, e foi o concorrente do Porto a levar a melhor. Se se estabelecer uma analogia com Carolina Deslandes, o facto de congregar tantos adeptos na rede social, não entra, pois, em colisão com o de ter sido recentemente nomeada. Há quem defenda que, estando a bitola do favoritismo do seu lado, tal influa a desfavor.

Recomendadas

Outros conteúdos GM

Conteúdo Patrocinado