euro2012

Pedro Proença é o primeiro árbitro a apitar no mesmo ano as finais da "Champions" e do Euro

Pedro Proença é o primeiro árbitro a apitar no mesmo ano as finais da "Champions" e do Euro

Pedro Proença, nomeado, esta sexta-feira, pela UEFA para arbitrar a final do Euro2012 em futebol, entre Espanha e Itália, é o primeiro árbitro a dirigir, no mesmo ano, os jogos dos títulos europeus de clubes e seleções.

Em 13 edições anteriores do Europeu, nenhuma final tinha sido dirigida por um árbitro que, no mesmo ano, tinha apitado o jogo decisivo da mais importante competição europeia de clubes.

Pedro Proença, que recebeu as insígnias da FIFA em 2003, foi o árbitro da última final da Liga dos Campeões, entre o Chelsea e o Bayern de Munique, que os ingleses venceram no desempate por grandes penalidades.

Na maior prova europeia de clubes, só mais um árbitro português tinha dirigido uma final, António Garrido, em 1980, entre os ingleses do Nottingham Forest e os alemães do Hamburgo (1-0).

Nesse ano, a final do Campeonato da Europa - numa edição disputada na Itália e que a República Federal da Alemanha venceu (bateu a Bélgica por 2-1) - foi arbitrada pelo romeno Nicolae Rainea.

No histórico dos árbitros das finais do Campeonato da Europa, a Itália lidera, com três juízes nomeados: Sergio Gonella (1976), Pierluigi Pairetto (1996) e Roberto Rosetti (2008).

No Euro2012, Pedro Proença já dirigiu três jogos da fase final, o último entre a Itália e a Inglaterra, dos quartos de final, que os italianos venceram no desempate por grandes penalidades.

O árbitro lisboeta estreou-se nesta fase final a 14 de junho, na goleada por 4-0 da Espanha, campeã europeia e mundial, sobre a República da Irlanda, na segunda jornada do Grupo C.

A 19 de julho, orientou o encontro entre a França e a Suécia, jogo da terceira e última jornada do Grupo D, que os escandinavos, já eliminados na altura, venceram por 2-0.

Recomendadas

Conteúdo Patrocinado

Outros conteúdos GM