Sismo

Tsunami no Japão atingiu 23 metros

Tsunami no Japão atingiu 23 metros

O tsunami que devastou a costa nordeste do Japão, gerado pelo violento sismo de 11 de Março, atingiu uma altura de 23 metros, indica um estudo divulgado, esta sexta-feira, pelo diário japonês "Yomiuri Shimbun".

O estudo, realizado pelo Instituto de Investigação sobre Portos e Aeroportos do Japão, indica que os 23 metros de altura da onda que fez desaparecer povoações costeiras inteiras foram medidos em Ofunato, no distrito de Iwate.

O "Yomiuri Shimbun" adianta que o maior tsunami registado no Japão na sequência de um sismo ocorreu em 1896 e atingiu a altura de 38,2 metros.

A Autoridade Geoespacial do Japão (AGJ) anunciou entretanto que a área devastada pelo tsunami de 11 de Março foi de pelo menos 400 quilómetros quadrados, área que poderá aumentar, com a AGJ a referir que tem ainda por analisar cerca de 20% das fotografias aéreas sobre as zonas sinistradas.

O sismo que gerou o tsunami teve magnitude 9 na escala de Richter, e o mais recente balanço refere que os dois fenómenos naturais provocaram 6405 mortos confirmados, 10.259 desaparecidos e 2409 feridos.

Recomendadas

Conteúdo Patrocinado