O Jogo ao Vivo

Inglaterra

Adolescente de 15 anos acusada de matar menina de sete

Adolescente de 15 anos acusada de matar menina de sete

Uma adolescente de 15 anos foi acusada de assassinar uma criança de sete anos, num parque infantil, esta segunda-feira, em Woodthorpe, Iorque, Inglaterra.

A suspeita do homicídio, acusada também de posse ilegal de arma, foi presente a juiz esta quarta-feira de manhã, no tribunal de Iorque.

A vítima, Katie Rough, descrita pelos professores como uma "criança querida e adorada por todos", foi encontrada morta, com ferimentos profundos, num parque de divertimentos perto da sua casa, em Woodthorpe.

Testemunhas dizem que a mãe de Katie, Alison Rough, caiu de joelhos na rua, a chorar e a pedir ajuda, depois de perceber o que se tinha passado.

"Perguntei-lhe se estava bem e ela disse 'Não, não, é a minha filha, chamem uma ambulância'", contou à imprensa britânica Rob McCartney, de 50 anos, que explicou ter visto a menina deitada no chão do parque e a mãe da criança desesperada por ajuda.

Katie era sossegada, amável e dedicada na escola, contou a professora Tracey Ralph, da escola primária de Westfield - onde a menina estudava -. recordando o "particular talento para a escrita criativa".

"A sua morte é uma perda terrível que assombrou a nossa escola e a nossa comunidade", disse Tracey à imprensa.

Muita gente tem prestado homenagem à criança, colocando flores no parque, encerrado desde terça-feira, altura em que os peritos forenses estabeleceram um perímetro de segurança à volta do local.

A investigação à morte de Katie vai continuar, garantem as autoridades, que pediram privacidade para a família da vítima, "que quer ser respeitada neste momento trágico".

Recomendadas

Conteúdo Patrocinado

Outros conteúdos GM