Mundo

Aviões despenham-se na Birmânia e na Indonésia

Aviões despenham-se na Birmânia e na Indonésia

Aviões militares despenharam-se esta quarta-feira na Birmânia e na Indonésia causando a morte pelo menos sete pessoas.

Na Birmânia, morreram quatro pessoas e uma outra ficou ferida quando o avião militar em que seguiam caiu perto do aeroporto internacional de Naipydaw, a capital do país, segundo fontes oficiais citadas pelos meios de comunicação social locais.

O aparelho, do fabricante Beech Aircraft Corporation, despenhou-se num campo agrícola por razões ainda desconhecidas, pouco depois de ter descolado, disseram as mesmas fontes.

Por outro lado, na Indonésia, um avião militar caiu sobre uma casa durante um teste de voo. O piloto e duas pessoas que estavam na casa morreram, disse fonte oficial.

O avião, um caça Super Tucano, despenhou-se pouco depois de ter levantado voo de uma base militar no este da ilha de Java, explicou o comandante da base, Djoko Senoputro.

A Indonésia comprou 16 aviões Super Tucano ao Brasil, avaliados em 260 milhões de dólares, e recebeu oito até agora.

A Força Aérea indonésia anunciou a abertura de uma investigação para determinar as causas do acidente, que ocorreu dois meses depois de, em dezembro de 2015, dois pilotos terem morrido quando um avião militar de despenhou no centro de Java durante manobras de treino.

Em junho, foi um C-130 que caiu num bairro residencial em Medan, a maior cidade da ilha indonésia de Sumatra, matando 142 pessoas.

Recomendadas

Conteúdo Patrocinado