Brasil

Cerca de 400 armas roubadas de um tribunal perto de São Paulo

Cerca de 400 armas roubadas de um tribunal perto de São Paulo

A polícia brasileira está à procura de 391 armas de fogo roubadas de um tribunal perto de São Paulo, o segundo roubo deste tipo em menos de duas semanas.

O assalto ocorreu no sábado à tarde, quando um grupo armado irrompeu pelo Tribunal de Diadema, a 20 quilómetros da cidade brasileira, explicou à agência noticiosa AFP um porta-voz dos serviços de segurança do Estado de São Paulo.

Após terem ameaçado os três vigilantes que se encontravam no local, os assaltantes deitaram mão a um depósito de armas apreendidas pela justiça.

Os ladrões levaram 381 pistolas, três metralhadoras, uma espingarda de assalto e outras armas de diversos calibres, disseram as autoridades, acrescentando que não há feridos.

A polícia esteve a analisar as imagens das câmaras de segurança para tentar identificar os suspeitos.

Há duas semanas, um outro depósito de armas apreendidas pela justiça foi assaltado, na cidade balnear de Guarujá, 90 quilómetros a norte de São Paulo.

A imprensa local noticiou que tinham sido roubadas 175 armas, mas as autoridades não confirmam este número e, para já, não estabelecem ligação entre os dois casos.

Recomendadas

Conteúdo Patrocinado

Outros conteúdos GM