lotaria

Comprou lotaria com primeiro dia de salário e ganhou "jackpot"

Comprou lotaria com primeiro dia de salário e ganhou "jackpot"

Um jovem indiano que deixou a sua aldeia à procura de trabalho, comprou um bilhete de lotaria com o primeiro dia de ordenado e, três dias depois, soube que era o vencedor do "jackpot".

Mofijul Rahima Sheikh, de 22 anos, deixou Bengala, no oeste da Índia, e foi para Kerala, no extremo sudeste do país, à procura de trabalho. Chegou na passada quarta-feira (2 março) e, no dia seguinte, arranjou trabalho numa obra de construção.

Com o salário de 50 rupias (perto de 70 cêntimos) que recebeu no primeiro dia de trabalho, comprou um bilhete de lotaria. Três dias depois soube que tinha ganhado o primeiro prémio, um "jackpot" no valor de 10 mil rupias (135 mil euros).

Assim que soube que estava na posse do bilhete vencedor solicitou proteção da polícia, com receio de ser assaltado. Passou dois dias na esquadra, à espera que os bancos abrissem após as festividades de Maha Shivaratri. "Disse-me que comprou o bilhete de lotaria para ajudar o vendedor, que tinha uma deficiência física", contou um agente da polícia, citado pela BBC.

Mofijul Rahima Sheikh, casado e com uma filha de oito meses, deixou a sua aldeia para conseguir trabalho e ganhar dinheiro suficiente para construir uma casa para a família. Afinal vai regressar mais cedo do que planeou. Os familiares já preparam uma grande festa para o receber.

Conteúdo Patrocinado