Mundo

Cuba e Coreia do Norte assinam acordos de intercâmbio comercial e tecnológico

Cuba e Coreia do Norte assinam acordos de intercâmbio comercial e tecnológico

Cuba e a Coreia do Norte assinaram, esta quinta-feira, dois acordos de colaboração nas áreas do comércio externo e do "desenvolvimento científico e técnico", que irão "aprofundar" os laços entre Havana e Pyongyang, informaram, esta quinta-feira, órgãos oficiais cubanos.

Segundo a agência de notícias Prensa Latina, os acordos foram assinados pelo ministro do Comércio Externo e Investimento Estrangeiro de Cuba, Rodrigo Malmierca, e o embaixador norte-coreano em Havana, Pak Chang Yul.

O acordo comercial prevê o intercâmbio de mercadorias e permite a importação, por parte de Cuba, de "inputs" (elementos fundamentais para a produção de um determinado bem ou serviço) para beneficiar a empresa ferroviária e a indústria de açúcar cubanas.

A assinatura destes acordos entre os dois países "apoia" o desenvolvimento de setores como a saúde, o ensino superior, a cultura, o desporto e a agricultura, entre outros, segundo a Prensa Latina.

Após a assinatura, que teve lugar na sede do Ministério de Comércio Externo, Malmierca sublinhou "a forte vontade política de Havana de desenvolver os laços" com a Coreia do Norte.

Pela sua parte, o diplomata norte-coreano assegurou estar "satisfeito com o acordo e com o fortalecimento dos laços" entre os dois governos.

A Coreia do Norte mantém uma relação com Cuba, que remonta à época da Guerra Fria, em 1960, e atualmente os dois países têm acordos de cooperação em várias áreas, como a educação, a agricultura, o comércio e o setor petrolífero.

Conteúdo Patrocinado