Mundo

"El Chapo" transferido para prisão de onde se evadiu

"El Chapo" transferido para prisão de onde se evadiu

As autoridades do México transferiram, esta sexta-feira, o narcotraficante Joaquín "El Chapo" Guzmán para a prisão de alta segurança de Altiplano, donde se evadiu há meio ano, horas depois do anúncio da sua captura no estado de Sinaloa.

O presidente do México, Enrique Peña Nieto, anunciou, esta sexta-feira, a captura de "El Chapo", líder do cartel de Sinaloa que, em 11 de julho de 2015, se tinha evadido da cadeia de alta segurança, conseguindo escapar da sua cela por um túnel com 1,5 quilómetros e com ligação a uma casa situada fora do perímetro do estabelecimento prisional.

"Guzman vai ser levado novamente para [a cadeia de] Altiplano", a cerca de 90 quilómetros da capital, anunciou a Procuradora-geral do México, Arely Gomez, antes de "El Chapo" ser levado para um helicóptero militar na presença das câmaras de televisão.

o narcotraficante foi detido durante a madrugada passada na sequência de uma operação da Secretaria da Marinha (Semar) na localidade de Los Mochis, estado de Sinaloa (noroeste), a região de onde provém Guzmán e a maioria dos mais famosos narcotraficantes mexicanos.

Esta foi a segunda detenção de "El Chapo", após duas fugas espetaculares da prisão em 14 anos.

Segundo a Procuradora-Geral, uma das razões que levou à captura do narcotraficante foi a descoberta de que "El Chapo" tinha iniciado contactos com pessoas do mundo do cinema para gravar um filme.

"Um aspeto que permitiu precisar a sua localização foi ter-se descoberto a intenção de Guzmán se gravar um filme biográfico, para o qual contactou atores e produtores", declarou Arely Gomez num ato público antes da apresentação do detido aos meios de comunicação social.

Recomendadas

Outros conteúdos GM

Conteúdo Patrocinado