Mundo

Esquiadora escapa ilesa a queda de 300 metros

Esquiadora escapa ilesa a queda de 300 metros

A esquiadora de alta montanha Angel Collinson caiu durante uma descida radical, no Alasca. Um tombo de 300 metros montanha abaixo, que arrepia só de ver.

Angel Collinson fez jus ao nome. A esquiadora de alta montanha norte-americana parece que teve o anjo do primeiro nome a protegê-la durante uma queda na montanha de Neacola, no Alasca.

"Estava a esquiar bastante depressa, mas a uma velocidade bastante razoável tendo em conta o que faço normalmente. Passei por cima de uma pedaço de neve irregular e congelado, que fez o esqui saltar e caí", contou Angel Collinson, em declarações ao canal de televisão norte-americano ABC.

Foram 300 metros em queda, montanha abaixo. "No início, estava a usar os braços para tentar abrandar, mas assim que me apercebi da velocidade, soube que a queda ia ser longa", disse Angel, que assumiu uma posição defensiva.

"A neve estava muito dura, havia bolas de gelo. À medida que ia caindo, cobri a minha cara e protegi a cabeça com os braços e basicamente esperei que acabasse", explicou.

Quando acabou, Angel tinha uma boa história, gravada em vídeo, para contar e ferimentos ligeiros. "Dois dedos torcidos, alguns hematomas, mas saí praticamente ilesa", contou.

A queda foi filmada por uma equipa da empresa de desportos radicais Teton Gravity Research. No vídeo, ouve-se a esquiadora a dizer "estou bem, estou bem", antes de se sentar para descansar da queda.

Recomendadas

Outros conteúdos GM

Conteúdo Patrocinado