Terrorismo

Irmãos El Bakraoui estavam em lista antiterrorista dos EUA

Irmãos El Bakraoui estavam em lista antiterrorista dos EUA

O governo dos EUA tinha os nomes dos dois irmãos que realizaram atentados em Bruxelas na terça-feira numa lista de vigilância antiterrorista, informou a cadeia televisiva NBC.

Ibrahim e Khalid El Bakraoui, ambos falecidos na terça-feira, estavam incluídos numa lista dos serviços de informações norte-americanos, que os consideravam uma "ameaça potencial", se bem que a NBC não tivesse identificado em qual das várias listas antiterroristas que os EUA têm se encontravam.

Os dois irmãos já estavam incluídos nesta lista antes de sexta-feira, dia 18 de março, quando foi detido precisamente em Bruxelas o alegado cérebro logístico dos atentados de novembro em Paris, Salah Abdeslam.

A NBC acrescentou que várias comissões do Congresso dos EUA pediram aos serviços de informações que lhes dessem informação sobre a lista em que se encontram os Bakraoui, bem como há quanto tempo lá estavam e se essa informação foi partilhada com outros países.

As autoridades belgas identificaram Ibrahim El Bakraoui como um dos terroristas suicidas que fizeram explodir bombas no aeroporto de Bruxelas e ao seu irmão Khalid como o suicida protagonista do ataque na estação de metropolitano de Maelbeek.

Estes ataques provocaram 31 mortos e cerca de 300 feridos.

Recomendadas

Outros conteúdos GM

Conteúdo Patrocinado