Mundo

Islâmicos incendiaram escola norte-americana em Tunes

Islâmicos incendiaram escola norte-americana em Tunes

Manifestantes islâmicos, que protestavam contra um filme considerado insultuoso para o Islão, atacaram e incendiaram, esta sexta-feira, a escola norte-americana de Tunes, situada a algumas dezenas de metros da embaixada, informou a agência oficial tunisina TAP.

"Os manifestantes, que atacaram hoje a embaixada norte-americana em Tunes, deitaram fogo a edifícios da escola norte-americana, situada perto da embaixada, e saquearam material que se encontrava no local", referiu a agência.

Os confrontos entre a polícia e os manifestantes continuavam em todo o bairro da embaixada, situado nos subúrbios de Tunes.

Foram chamados reforços policiais e destacados militares, mas ao final da tarde ainda não tinha sido possível retirar os manifestantes que conseguiram entrar no recinto da embaixada e que provocaram incêndios no parque de estacionamento ao ar livre da representação diplomática, segundo um jornalista da agência noticiosa francesa AFP.

Os manifestantes, que atacaram a embaixada com pedras e "cocktails molotov", protestam contra um filme que retrata a vida do profeta Maomé, "A Inocência dos Muçulmanos", produzido nos Estados Unidos.

Os protestos contra o filme, um pouco por todo o mundo muçulmano, já causaram desde terça-feira uma dezena de mortos, entre os quais o embaixador dos Estados Unidos na Líbia.

Conteúdo Patrocinado