EUA

Lusodescendente é um dos presidentes de câmara mais jovem nos EUA

Lusodescendente é um dos presidentes de câmara mais jovem nos EUA

O lusodescendente Jasiel Correia II, de 24 anos, que acaba de tomar posse como o mais novo presidente de Câmara de Fall River, em Massachusetts, quer devolver a cidade aos anos de ouro em que atraía milhares de imigrantes portugueses.

"Ouvimos uma e outra vez sobre o grande potencial de Fall River. Hoje começamos a mostrar resultados", disse Correia durante a cerimónia de tomada de posse, que aconteceu esta semana.

Com origens cabo-verdianas pelo lado do pai e açorianas pelo lado da mãe (Pico da Pedra, São Miguel), Correia foi eleito em novembro com 52% dos votos, derrotando Sam Sutter, que lutava pela reeleição e apenas conseguiu 48%.

Com cerca de 90 mil habitantes, Fall River é o centro da vida portuguesa em Massachusetts. Segundo os últimos censos, 49% da população da cidade eram portugueses ou luso-americanos, sendo que a grande maioria é oriunda das ilhas dos Açores.

No centro da cidade, existe mesmo uma réplica das Portas da Cidade de Ponta Delgada. As celebrações do Espírito Santo acolhem todos os verões dezenas de milhares de pessoas.

O voto destes emigrantes foi essencial para eleger Correia, que ocupava o cargo de conselheiro da cidade desde o início de 2014.

"Vamos começar a atrair a próxima geração e a geração a seguir a essa para a nossa cidade. Vamos fazê-lo tornando Fall River não apenas um local onde as pessoas sobrevivem, mas onde prosperam", disse o jovem.

Lembrando as dificuldades que a cidade passou nos últimos 40 anos, depois do fecho de muita indústria na segunda metade do século passado, Correia disse que vai "trabalhar para afastar a perceção negativa que foi injustamente lançada sobre a cidade nas últimas décadas."

Correia nasceu e foi criado em Fall River, onde também estudou, tendo depois concluído uma licenciatura no Providence College em Ciências Empresariais e Políticas.

Durante a campanha, disse que a sua questão preferida era quando lhe perguntavam se tinha maturidade suficiente para ser presidente.

"Não posso mudar a minha idade. Não posso ser desacreditado apenas pela minha idade. Vou ser o mais energético, o mais otimista presidente de que têm memória recente, se não de sempre", disse.

Correia é fundador e diretor executivo da SnoOwl, uma aplicação para telemóveis que reúne 'posts' das redes sociais sobre empresas.

O jovem diz que vai usar a sua experiência como empresário para falar com outros homens de negócios e revitalizar a economia da cidade.

Correia, que até há alguns meses ainda vivia em casa dos pais, detalhou planos específicos para a cidade, que passam pela recuperação da frente ribeirinha, construção de estacionamento, um novo sistema de recolha de lixo e de coordenação com as escolas.

"Nos próximos meses, verão a minha administração fazer parceria com o Conselho da Cidade e o Comité Escolar para desenhar um orçamento que garante serviços de qualidade para os nossos residentes e lança as bases para uma era de desenvolvimento económico", concluiu o luso-descendente.

Conteúdo Patrocinado