Crime violento

Mãe de bebé queixou-se de barulho e foi esfaqueada

Mãe de bebé queixou-se de barulho e foi esfaqueada

Uma mulher foi esfaqueada no peito depois de ter pedido a um grupo de jovens que estavam na rua, junto à sua casa, para fazerem pouco barulho, já que tinham acordado a sua filha de dois meses.

Donna Cross, de 33 anos, quase morreu semanas depois de ter dado à luz a sua filha.

Na noite da passada quinta-feira, em Chatham, Kent, Inglaterra, abriu a porta de casa e veio à rua para pedir ao grupo de jovens que ali estava para fazer pouco barulho, explicando que tinham acordado a sua bebé.

Desse grupo, alguém pegou numa faca e esfaqueou Donna no peito. Segundo o namorado, Jon Stone, citado pelo "Daily Mail", tudo aconteceu muito rapidamente e só se apercebeu do que tinha acontecido quando viu sangue.

Donna perdeu uma grande quantidade de sangue e sofreu lesões no esterno, mas foi submetida a uma cirurgia de emergência e encontra-se a recuperar.

A Polícia de Kent deteve um homem de 19 anos, mas o suspeito foi colocado em liberdade sem qualquer acusação.

"Isto devia ser tratado como uma tentativa de homicídio", defendeu Stone.

Recomendadas

Outros conteúdos GM

Conteúdo Patrocinado