Mundo

Mais de oito mil crianças alemãs com gastroenterite após comerem em cantinas

Mais de oito mil crianças alemãs com gastroenterite após comerem em cantinas

O número de crianças atingidas por gastroenterite, após terem comido em cantinas escolares, ascende a mais de oito mil em Berlim e no leste da Alemanha, indicaram as autoridades sanitárias.

O Instituto de Vigilância Sanitária Robert-Koch indicou que o número de casos subiu de quatro mil, na sexta-feira, para 8365.

"A causa da infeção não é clara ainda", sublinhou o instituto em comunicado, referindo apenas que há "uma ligação entre o consumo de alimentos em escolas e creches".

No total, 23 crianças foram hospitalizadas, mas a maior parte sofreu apenas diarreias e vómitos breves e sem complicação, segundo a mesma fonte.

Na sexta-feira, um porta-voz do Ministério da Saúde informou que muitas cantinas escolares ou de creches são servidas por "um fornecedor comum".

O nome da filial amemã do grupo francês de restauração coletiva Sodexo, que serve numerosas cantinas escolares, foi avançado por responsáveis políticos regionais, mas a empresa rejeitou qualquer responsabilidade.

Recomendadas

Conteúdo Patrocinado

Outros conteúdos GM