Mundo

Mulher acusada de envenenar marido durante sexo oral

Mulher acusada de envenenar marido durante sexo oral

Um homem acusou a esposa de colocar uma substância tóxica na vagina para tentar envenená-lo durante o acto sexual. A polícia brasileira espera os resultados do exame de sangue do indivíduo para avançar nas investigações.

A Polícia Civil de São José do Rio Preto, cidade localizada a 438 quilómetros de São Paulo, Brasil, está a investigar um caso inusitado. Uma mulher terá tentado envenenar o próprio marido enquanto faziam sexo.

O marido, identificado pelas iniciais S.G.A., sofre de hipertensão e por problemas conjugais queria a separação da mulher, conhecida apenas por E.F.P.A., revelou um jornal local.

Segundo o marido, a mulher convidou-o a fazer sexo oral, depois de um desentendimento entre o casal. O homem desconfiou das intenções da mulher e de um "cheiro estranho", semelhante ao de uma substância tóxica, proveniente do órgão sexual da esposa.

Suspeitando que a mulher teria posto veneno na vagina, S. G. A. procurou um posto médico, onde foi submetido a uma lavagem ao estômago, que não revelou indícios de envenenamento.

O homem apresentou queixa no 4º distrito de polícia de São José do Rio Preto e os agentes pediram um exame de sangue para averiguar se há fundamento para dar seguimento às investigações.

A denúncia foi feita na semana passada, mas, até esta terça-feira, a mulher não havia sido procurada para prestar depoimento, avançou o G1.

Recomendadas

Conteúdo Patrocinado

Outros conteúdos GM